Tag Archives: protesto

Erster Mai em Berlin

Primeiro de Maio em Berlin é dia de ir à rua protestar. Mas nem todos saem de casa com esse pretexto: a maioria só quer curtir a festa. Nossa, e que festa! Milhares de pessoas se reuniram em Kreuzberg ontem para a chamada My Fest (quando se le o nome da festa, percebe-se o trocadilho do “my” com o mes de maio: “May”). Kreuzberg é o distrito berlinense onde tradicionalmente ocorrem os protestos do Dia do Trabalho, no entanto, desde 2003, os manifestantes acabam por dividir espaco com aqueles que querem se divertir.

Nunca vi tanto turco vendendo cerveja e kebab. Aliás, acho que é o melhor dia para comer especialidades turcas em Berlin: acha-se de tudo um pouco nas barraquinhas improvisadas na rua. Tem música de todo o tipo, para todos.

Escrevi sobre o Primeiro de Maio na Alemanha para o Correio do Povo. Publicado na edicão de hoje, na página 14.

Correio do Povo, 2 de maio, pg. 14

Correio do Povo, 2 de maio, pg. 14

Fiz ainda algumas fotos que ilustram um pouco do que rolou ontem por aqui…

Multidão no Görlitzer Park, em Kreuzberg. AS árvores ao redor serviam de banheiro...

Multidão no Görlitzer Park, em Kreuzberg. AS árvores ao redor serviam de banheiro…

Um dos sacada's dj (eu que inventei o apelido)

Um dos sacada’s dj (eu que inventei o apelido)

Berlin é considerada a cidade mais suja da Alemanha, mas, ontem, passou dos limites (mas nem é tão suja, Porto Alegre é pior...)

Berlin é considerada a cidade mais suja da Alemanha, mas, ontem, passou dos limites (mas nem é tão suja, Porto Alegre é pior…)

Não curte a música? Coloca o fone e danca

Não curte a música? Coloca o fone e danca

Leave a comment

Filed under Durante

Correio do Povo: “Protestos contra deputado em Berlim”

O vento estava forte, e eu nunca tinha sentido um dia tão frio em Berlim. Sábado foi punk. Mas mesmo com a mão cortada, que decidiu não parar de sangrar, fui espiar o protesto brasileiro contra o presidente da Comissão de Direitos Humanos da Camara, o deputado federal Marco Feliciano. Os cartazes coloridos tinham frases bem interessantes em portugues, ingles e alemão. Adorei um que dizia: “Estou aqui, mas voto lá”. Quem vive fora também tem que ter nocão do que está acontecendo em seu país.

A pequena matéria está publicada no Correio do Povo de hoje, segunda-feira, 25 de marco. Página 4, juntinho ao meu povo da Política 🙂

CP, 25 de marco, pg. 4

CP, 25 de marco, pg. 4

Fiz mais algumas fotos:

A foto que os manifestantes denominaram como "oficial"

A foto que os manifestantes denominaram como “oficial”

Mais dois cartazes

Mais dois cartazes

O engracado é que esse tipo de protesto acaba chamando atencão da turistada brasuca que passa. Acabei conhecendo duas meninas de Santa Catarina (beijo Elisa e Marina!) e acabamos fazendo um mini-tour-congelante pela Unter den Linden após o ato. Outra brasileira que conheci aqui, a Julie, nos acompanhou. As meninas, que vivem em Londres há dois meses, disseram que o frio de Berlim é o pior que já enfrentaram na vida! Olha, ou eu já me acostumei a essa geladeira humana todo ou sou muito destemperada. Para mim, o pior sempre foi a umidade, em especial, a de Porto Alegre. Frio seco? Delícia!

Leave a comment

Filed under Durante